25 de jul de 2011

Quais as contribuições da psicologia para as organizações?

Ficha Técnica

Tema:  De que forma as relações socioprofissionais podem contribuir para que as organizações desenvolvam um trabalho de qualidade para a sociedade?

Objeto de Estudo: Quais as contribuições da psicologia para as organizações?

Questão problema: Qual a importância da psicologia na Organização?

A Psicologia é um instrumento que visa diagnosticar e propor soluções em problemas organizacionais, usando estratégias para promover mudanças com êxito.

Objetivo: Tem como objetivo a relevância para ter um bom andamento nos trabalhos organizacionais.

Conceito: A psicologia contribui para a formação de futuros gestores propiciando a compreensão do comportamento humano nas organizações, o encaminhamento de soluções para problemas das relações interpessoais e para a criação de um clima favorável à inovação e produtividade.   

Palavras-Chave: Mudança Organizacional, Ambiente Organizacional, problemas organizacionais, solução, comportamento humano

 ________________________________________

                        Em Todo a vida de uma organização, precisa ser ligada a psicologia, direta ou indireta, por que a organização é composta por indivíduos  e todos, tem o seu lado psicológico que precisa ser acompanhado por um psicólogo, para que não haja distúrbios de personalidades desses indivíduos.                                   
                        As formas de contribuição da psicologia nas organizações são diversas, e todas as suas atuações são focadas nos colaboradores, pois ela tem como objetivo, flexibilizar e proporcionar melhorias no ambiente de trabalho, redefinindo estratégias organizacionais.

                        Segundo BASTOS e GALVÂO (1990) a psicologia organizacional tem como objetivo: contribuir com a produção teórica sobre o comportamento humanos organizacional; fazer equipes multifuncionais para diagnosticar problemas organizacionais; promover treinamentos e desenvolvimento pessoal; realizar avaliações de desempenho; implementar a política de estágio da organização; rodízio interno de pessoal; implementar e/ou atualizar planos de cargos e salários; supervisionar as atividades do estagiários de psicologia, estabelecer em equipe multiprofissional  relações em órgãos de classe; desenvolver em equipe multiprofissional a política de saúde ocupacional da organização, desenvolver em equipe multiprofissional ações de assistência psicossocial que facilitam a integração a integração do trabalhador na organização.

                        O fato de um psicólogo integrar uma equipe multiprofissional deve banalizar a analise de atividades de modo que tenham sempre em mente que muitas que muitas decisões por ele tomadas devem ser discutidas com outros profissionais da equipe.  

                        Além dos problemas humanos na organização a dimensão cientifica que toda formação do psicólogo deve ter de fato uma competência para saber como lidar com o comportamento humano tanto individual quanto social. O psicólogo deve ter manejo de técnicas e métodos, para a investigação dos problemas psicossociais que são extremamente inevitáveis em qualquer organização.
                        Para DAVIDOFF (2001) a modificação de comportamento como a modificação da técnica de aprendizagem, e de outras técnicas psicológicas experimentalmente derivadas à modificação de comportamentos problemáticos.

                        O psicólogo precisa se envolver nos programas de qualidade de vida, que constituem a base do movimento atual de saúde mental no trabalho.

                        O psicólogo deve estar atento as mudanças internas e externas à organização, fazer reajustes e influenciar os processos que administram as rotinas profissionais, incorporando mudanças que vem ocorrendo com o avanço da tecnologia.

                        Por fim, podemos afirmar que este profissional precisa ter flexibilidade para trabalhar em equipe, ter visão estratégica do negocio, ter boa comunicação, ser generalista, ter espírito critico e “jogo de cintura” para atender os anseios da empresa e dos empregados. Lembrando e concluindo que as atividades de um psicólogo organizacional requerem a cada dia mais uma visão do conjunto organizacional bem como o seu ambiente.Pois este trabalho exige interprofissionalidade, onde precisa repensar alternativas e abordagens.


Bibliografia

BASTOS, A.V.B.e GALVÃO, M.A.H.C. O que pode fazer o psicólogo organizacional. Psicologia: Ciência e Profissão, [ S.I.; s.n]. 1990.

DAVIDOFF, L.L. Introdução à Psicologia. 3 ed. São Paulo: Makron Books, 2001.

LEMOS,A.; et al. Reflexões sobre a importância da psicologia na organização. [ S.I.; s.n]. Disponível em: http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&source=hp&q=importancia+da+psicologia+na+organiza%C3%A7%C3%A3o&btnG=Pesquisa+Google&meta=&cts=1258052255208&aq=f&oq=. Acessado em: 12 de Nov. 2009.